RELATO DE EXPERIÊNCIA PARA ATIVIDADES DESPLUGADAS E INVESTIGATIVAS COM ALUNOS DE 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

Autores

  • Anelise Lemke Kologeski Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
  • Aline Silva de Bona Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Palavras-chave:

Atividades desplugadas, pensamento computacional, problemas investigativos, matemática

Resumo

Este trabalho relata a experiência de aplicação de atividades desplugadas investigativas desenvolvidas em um projeto de extensão, aplicadas em uma escola de educação básica da cidade de Osório/RS, com alunos do 4º ano do Ensino Fundamental. Essas atividades objetivam contextualizar a Matemática com o Pensamento Computacional, por meio de encontros que trabalham com a resolução de problemas investigativos utilizando recursos desplugados (sem o uso de recursos digitais). Os resultados mostram um visível aproveitamento e interesse dos alunos nas atividades propostas, diversificando as tarefas clássicas normalmente propostas na escola, indo além de aulas expositivas e exercícios repetitivos. Os resultados apontam em torno de 60 a 90% de acertos nas tarefas realizadas, considerando que as soluções foram criadas exclusivamente pelos alunos, e mesmo aqueles que tiveram alguma dificuldade, conseguiram encontrar seus próprios erros, proporcionando aos estudantes a devida apropriação do Pensamento Computacional atrelada a resolução de problemas investigativos relacionados com tarefas específicas da disciplina de Matemática, gerando curiosidade, criatividade e autonomia.

Downloads

Publicado

2023-04-13

Como Citar

Kologeski, A. L., & Bona, A. S. de. (2023). RELATO DE EXPERIÊNCIA PARA ATIVIDADES DESPLUGADAS E INVESTIGATIVAS COM ALUNOS DE 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL. Revista FundAção, 1, 108–122. Recuperado de https://revistafundacao.fsa.br/ojs/index.php/rfa/article/view/12

Edição

Seção

Relato de experiência extensionista